BANNER MARINGA EM ACAO

BUSCA NO BLOG

Carregando...

Seguidores

terça-feira, 15 de novembro de 2011

TRILHA EM ITAPOÁ

Os Tranca Trilha aproveitaram o feriadão para rumar para Itapoá, Santa Catarina, onde o pessoal do Italama (Trilheiros de Itapoá) nos aguardavam.
Fomos em 19 trilheiros (Alexandre, Alexsandro, Cione, Clóvis, Guerra, Jefão, Léo, Marcola, Marquinhos, Neto, Pinto, Roberto, Rodrigo, Sapim, Sérgio, Vagner, thiago, Thiaguinho e Volpato), das cidades de Maringá, Doutor Camargo, São Jorge do Ivaí, São Carlos do Ivaí e Santa Fé.
Chegamos no sábado de manhã e às 13h30 já tinha trilha marcada, que atrasou 40 min porque nosso amigo Vagner esqueceu suas botas. Falando no Vagner, logo no primeiro subidão ele perdeu o controle da moto e caiu em uma ribanceira batendo a cabeça num tronco. Sorte que não tinha esquecido o capacete e pôde continuar a trilha.
A trilha estava um mel, ou melhor, um melado. Verdadeiro Enduro FIM. Andamos em alta velocidade pelos morros em torno de Itapoá. Adrenalina a mil e incontáveis tombos. Nesse dia, quem puxou a trilha foram os amigos Binho e Jalson do Italama, e Fabiano (Aurora) e Maggi (Frota) fecharam.


Vagner e Clovão voltaram mais cedo para casa e perderam a melhor parte da trilha.
No domingão estava todo mundo cozido. Bem, quase todo mundo. De manhã eu (Roberto), Rodrigão e o Thiaguinho fomos dar uma caminhada de 8 km, interrompida apenas para uma parada na praia, onde experimentamos uma porção de camarão alho e óleo. À tarde, Thiaguinho e eu fomos pegar ondas em Guaratuba. E, a noite, dos 19, sobraram apenas eu, Thiaguinho e Marcola para fazer a trilha noturna, que saiu às 20h00, indo até às 23h00. E, que trilha! Como choveu o dia todo, a trilha estava ainda melhor que no sábado, e, devido à escuridão, a emoção foi em dobro. Desta vez Maggi (Frota) puxou a trilha e Fabiano (Aurora) nos acompanhou nessa aventura. Jean foi de fecha trilha.
Segundona foi de ressaca para muitos da turma. Até o "Juca" chamaram. Faltou cerveja e tequila na cidade e ânimo para trilhar. O jeito foi arrumar as malas e partir pra casa. Antes, Rodrigão e eu voltamos para comer outra porção de camarão na praia, dessa vez à milanesa. Abriu o apetite de nosso amigo e partimos para uma Anchova grelhada, acompanha de Bobó de Camarão, Muqueca de Peixe, Arroz, Farofa de Pão e Salada. De brinde, a vista do mar de Itapoá.
Guerra passou com maestria no teste de stress patrocinado pelo Pinto e apoiado pelos demais sarristas de plantão.
Agradecimento a toda a turma do Italama. Em especial, ao Fabiano e ao Maggi que nos acompanharam nas duas trilhas.
Muito obrigado ao companheiro Alexsandro e ao seu pai Rubens, que cederam a casa para abrigar a Comitiva.
Até a próxima pessoal.


Click Aqui para ver mais fotos

Chegada a Itapoá


Roberto na saída pra a trilha


Rodrigo









Clóvis - levantando a moto rapidinho



Thiago foi rapidamene socorrido pelo Léo














Thiago, Fabiano e Léo






Vagner - ensaiando novo tombo



Marcola e Cione ao lado do nosso Puxador da Trilha



Pinto e Guerra - Dupla inseparável



Sérgio, Sapim, Alexsandro e Neto









Parada para descanso












Pinto e Maggi






Maggi
























Volpato e Rodrigão




Thiaguinho







Pinto e Roberto



Cione se recuperando do capote









Roberto

















Roberto



Jefão, Rodrigão e Guerra



Neto na lama







Sérgio, Pinto e Marquinhos



Alexandre e Jefão



Praia de Itapoá



Roberto e Rodrigão

Click Aqui para ver mais fotos


3 comentários:

JUNIOR disse...

Caraca meu , pensei que fazer trilha queimava pneu ,em vez disso o JOÃO(pones)so ta que aumenta.
(olha o tamanho da pança)

jefão disse...

O que o Neto ta fazendo atolado na lama?Ele tava batendo papo que andou na frente de importada,kkkkkkk.

Anônimo disse...

O neto na de importada? Só se for do Bigatão verde de Paiçandu! kkk e o Sergiao de Camargo disse q era passado pelo Neto no começo da descida e no final ele caia kkkkk